Conheça o investimento mais seguro e mais rentável que a Poupança: o Tesouro Selic

Por que poupança não?

Você já deve saber que poupança é um péssimo investimento. Essa ideia está sendo muito difundida ultimamente entre os brasileiros. Muita gente já sabe que a caderneta de poupança possui um dos piores rendimentos entre todas as opções disponíveis.

Mesmo sabendo disso, ainda existem cerca de R$ 750 BILHÕES “investidos” na poupança.

Vou listar aqui alguns pontos negativos sobre essa aplicação e depois conto qual a melhor alternativa para usar de solução.

O que é a Data do Aniversário?

O primeiro ponto negativo que vou citar aqui é o fato de que seus rendimentos só são contabilizados depois de 30 dias que foi feita a aplicação.

Se você deixou o dinheiro na poupança no dia 6 de Maio e precisou resgatar no dia 25 de Maio, você resgatou exatamente o MESMO VALOR que foi investido. Em outras palavras, além do seu dinheiro não ter rendido nada esse período, você ainda perdeu dinheiro para a inflação.

Como é calculado o rendimento da poupança?

De um tempo para cá, o Banco Central determinou que a remuneração da caderneta seria;

  • 0,5% ao ano, quando a Taxa Selic está acima de 8,5% ano ano.
  • 70% da Taxa Selic, quando esta se encontra abaixo de 8,5% ao ano

Com essas condições, a probabilidade de que a poupança renda mais que o Tesouro Selic seja mínima.

Tesouro Selic: mais rentável e mais seguro

Não basta apenas falar os motivos pelos quais você não deveria investir na poupança. Estou aqui para falar qual a melhor alternativa e porque ela é a melhor alternativa. Então vamos lá.

Tesouro Selic é um dos títulos ofertados por meio do Tesouro Direto, uma plataforma online que permite que pessoas físicas invistam diretamente em títulos do Tesouro Nacional, de forma simples e segura.

Além do Tesouro Selic existem também outras opções de investimentos: o Tesouro Prefixado e os indexados ao IPCA – Tesouro IPCA+.

Menor risco possível

Por se tratar de um título público, o risco é o governo não te pagar. Por mais que existam problemas políticos, a chance do governo não honrar os compromissos é menor que a de um banco privado.

Se um banco privado quebra, não necessariamente o Tesouro Nacional estará quebrado. Por outro lado, se o Tesouro quebra, certamente todo o resto do país viraria um caos.

De toda forma, caso chegue no vencimento do título e o governo não tenha dinheiro para pagar, ele imprime dinheiro e te paga. Vai gerar inflação, mas pagou.

Além disso, a volatilidade do Tesouro Selic é zero, ou seja, você não sofre risco de resgatar um valor inferior ao que foi investido. Em títulos prefixado, isso é possível, embora apenas em resgates antes do vencimento.

Posso resgatar o Tesouro Selic no dia que eu quiser?

A liquidez de títulos do Tesouro Direto são D+1. Isso significa que se você solicitar resgate em qualquer dia, seu dinheiro será depositado na conta no dia útil seguinte.

Pedindo resgate na terça-feira, o dinheiro será creditado na conta corrente na quarta-feira. Se for sexta-feira, cairá na conta na segunda-feira.

E o melhor de tudo: pode solicitar resgate o dia que quiser sem perder a rentabilidade daquele mês, pois NÃO TEM ANIVERSÁRIO.

Quanto rende o Tesouro Selic?

O rendimento sempre será equivalente a 100% da Taxa Selic. Em outras palavras, se a Taxa Selic hoje está em 6,5% ao ano, significa que seu título renderá 6,5% ano ano também.

Se a Selic subir para 8%, o Tesouro passa a te remunerar esses mesmos 8% ao ano. Na queda da Selic, a ideia é a mesma.

Se existe uma opção mais segura e mais rentável que a poupança, o que levaria alguém a deixar o dinheiro na Caderneta?

Por isso, agora que você já entendeu como funciona a Letra Financeira do Tesouro, vou te ensinar o passo a passo para investir.

Como investir no Tesouro Selic?

Agora que você já sabe como funciona o Tesouro Selic – LTF, vamos à pratica:

O primeiro passo é a abertura da conta corrente em uma corretora. Atualmente, quase todas já zeraram as taxas para investimentos no Tesouro Direto. Alguns exemplos de corretoras são: XP Investimentos, Rico, Modal Mais, Clear, Inter DTVM, Órama, BTG Pactual Digital, entre outras.

Depois de aberta a conta, é hora de fazer uma TED ou DOC do seu banco para a conta corrente da corretora. Recomendo você abrir conta em bancos digitais para evitar que as taxas corroam uma parcela do seu retorno.

O próximo passo é entrar na aba de Tesouro Direto. Nela você terá acesso a todos os títulos disponíveis, suas respectivas rentabilidades, vencimentos e características.

Basta clicar no botão “Investir” no Tesouro Selic com o vencimento que se adequa melhor aos seus objetivos, escolher o valor que deseja investir e finalizar o investimento colocando sua assinatura eletrônica.

Bons Investimentos!

Logo HS Investimentos

2 comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s